Opera Unite, take the web back.

O pessoal do Opera pode não ter reinventado a web como anunciaram, mas como sempre lançaram um recurso muito interessante.

 

Opera Unite

 

 

Tudo isso trata-se do Opera Unite, uma especie de recurso de compartilhamento e servidor direto do seu Opera, funcionando de forma semelhante a uma rede P2P (o que é legal) ele permite rodar serviço como compartilhamento, streaming de musica, salas de chat, compartilhar fotos entre outros muitos por vir (documentos, jogos, mais media…). A idéia é oferecer toda essa gama de serviços Web 2.0 sem depender de terceiros (mas tem o Opera) e sem sair da sua maquina, com o já funcional sincronismo do opera.

Obviamente para que o serviço esteja no ar você precisa estar conectado, pode-se controlar o acesso aos serviços por senha ou ainda apenas à você, para por exemplo ouvir suas músicas em outro computador, ou acessar seus arquivos em outros perfis.

Para usar o serviço você precisa, obviamente, do Opera, atualmente apenas com build especifico do Unite, para Linux, Mac ou até mesmo Windows. Depois basta criar ou usar sua conta no My Opera (o mesmo do Opera Link, de sincronismo), e ativar os serviços desejados.

Também é possível desenvolver seus próprios Opera Unite Services, estendo a capacidade do serviço. Alguem duvida que logo entre os primeiros vai ter algo para o twitter?

O serviço é beta e vai dar error qualquer hora, o media player por exemplo não rodou no meu firefox, mas só isso que eu vi até agora. O serviço parece legal, mas esta começando agora, vamos ver aonde isso vai parar. No minimo já conseguiram ser Trending Topic no twitter :)

Para quem quiser dar uma olhada, entre no meu Opera Unite, e se eu ainda estiver online, ouça uma musica legal.

2 ideias sobre “Opera Unite, take the web back.

  1. Instalei o Opera 10, testei o Unite e achei bem bacana.
    Mas, sei lá, tenho um lado meio contra a essas soluções “priprietárias” que não seguem um padrão.
    Gosto muito mais dos serviços do Google, mesmo aqueles que estão no papel ainda, pois eles aparentam ter uma integração bem grande com outros serviços.
    Mas é só uma primeira impressão!
    []s

  2. Acho que o Opera esta mais para a plataforma, a integração ou não com outros serviços vai depender mais dos serviços que vão ser criados em cima dela.

    Infelizmente os serviços do Opera não costumam ser “amigáveis” com outros serviços. O My Opera inteiro é uma caixa preta. O lance é ver se os usuários vão criar algo legal (e aberto) em cima disso, já que a plataforma em si é HTML e JavaScript.

Comentários encerrados.